• 3 de agosto de 2020

Se o que você quer é Emagrecer – Parte III

Se o que você quer é Emagrecer – Parte III

     Então agora você já sabe que sua busca por emagrecimento faz sentido e é sadia. Quais instrumentos você pode lançar mão para emagrecer com saúde?

     A primeira regrinha é meramente matemática: ingerir menos calorias do que se gasta, para que a conta seja negativa, e assim, os quilinhos também. Assim como tudo na vida, é preciso planejamento. Uma rotina de atividades físicas e dieta balanceada são o eixo norteador desse seu planejamento de mudança.

     Lápis e caneta (ou smartphone) na mão: é preciso anotar tudo o que você comer, beber e treinar. Acredite, se você não fizer isso, terá sempre uma ideia equivocada e bagunçada do que comeu, e se enganará frequentemente achando que comeu menos do que a realidade.

     Em um estudo da University of North Carolina percebeu-se que as pessoas comem cerca de 115 calorias por dia de fim de semana (geralmente relacionado a gordura, açúcar e álcool). Se você também não controlar o seu final de semana, isso pode acabar com 25 a 30% do seu resultado de esforço durante a semana. Quando revir suas anotações sobre bebida e comida, conte com cerca de 10% a mais em calorias, para que tenha mais certeza sobre o que contabilizou, e não relaxe na rotina de dieta e treino.

     Independentemente da dieta que tenha escolhido pra você, aprenda a ler os rótulos. A maioria dos alimentos industrializados tem aditivos químicos, óleos vegetais modificados, sódio, gordura e açúcar desnecessários. Quanto mais natural for sua alimentação, mais saborosa ela será, e acarretará menos inchaço por retenção de líquido e inflamação que esses alimentos provocam. Corte pastinhas (que podem ter maionese, requeijão e outras matérias-primas gordurosas), temperos prontos (ricos em sódio), molhos de salada (ricos em açúcar e gordura), bebidas engarrafadas ou de caixinha, a maioria dos iogurtes (salvo os light, sem glúten e sem amido) e lanchinhos prontos. Mesmo as barrinhas de cereal ou de proteína, bem como a granola, são falsos alimentos saudáveis, pois contém uma série de açúcares e óleos vegetais, além de conservantes. Pode crer, somente com esses cuidados você já consegue emagrecer mais facilmente.

     Não é à toa que muitas pessoas que treinam e se cuidam atualmente fazem uso da dieta Paleo (ou Paleolítica), que rejeita todo o tipo de industrializados e farináceos. A farinha, o açúcar e todos os refinados em geral costumam fazer mal, uma vez que o processo do refino lança mão de muitos aditivos químicos e extrai micronutrientes do alimento. No caso do sal, o sódio ultrapassa mais de 50% o valor saudável, e perde boa parte dos sais minerais. Então é importante mudar para o sal marinho, e, se possível, o sal rosa do Himalaia, que possui 60% a mais de sais minerais essenciais do que o sal comum. O resultado disso a gente vê na balança e na circulação: menos inchaço, menos peso, e combate à hipertensão.

     Já os carboidratos refinados também merecem ser abolidos. Isso porque seu processamento elimina as fibras, importantíssimas para a flora intestinal funcionar adequadamente. O uso de probióticos também ajuda no equilíbrio dessa flora, que regula funções importantes no organismo, inclusive tendo sido mencionada em alguns estudos como moduladora do humor.

     Mastigue bem os alimentos. Você já reparou que as pessoas que se alimentam demoradamente não costumam ser gordas? Geralmente são magras e mastigam cada alimento cerca de 20 vezes antes de degluti-lo. Alimentar-se rapidamente ou diante da TV, internet ou outra distração pode ser um grande vilão, pois você perde a capacidade de se observar comendo, e acaba comendo mais e mal sentindo o sabor da comida. O importante é degustar, apreciar o alimento e dar tempo de o cérebro produzir a sensação de saciedade. Esta só ocorre cerca de 20 minutos após o primeiro contato com o alimento, então lembre-se disso antes de comer rapidamente e devorar tudo o que vê pela frente.

     Faça compras inteligentes de supermercado. Nada de ir a ele com fome, você pode acabar comprando mais besteiras e atacando o carrinho antes mesmo de finalizar a compra.

     Além de escolher bem o que for comprar, ter bons aliados da sua dieta em casa e no ambiente de trabalho não tem preço. Avise as pessoas ao redor da importância da sua dieta e peça que colaborem evitando comer coisas gordurosas e ricas em açúcar do seu lado. Pode parecer besteira, mas a frustração de estar fazendo esforço sozinha podem colaborar para um auto-boicote e um deslize da dieta.

 

0 Reviews

Write a Review

Sophia

Leitura anterior

Se Você Quer é Emagrecer – parte II

Proxima leitura

Como perder peso e ganhar músculo ao mesmo tempo?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *